Buscar
  • SPM-SC

SPM participa da rede de capacitação ao acolhimento de migrantes e refugiados em Florianópolis/SC


Nos dias 5, 6 e 7 de junho, o SPM participou de diversas ações oferecidas aos atores envolvidos no acolhimento, na integração e na interiorização de refugiados e migrantes em Santa Catarina.

O evento faz parte de um grande projeto de capacitação em rede que vem acontecendo por várias cidades do Brasil, tendo como comitê nacional realizador a

Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU), a Procuradoria Federal dos Direitos dos Cidadãos (PFDC), o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), a Organização Internacional para as Migrações (OIM), a Conectas Direitos Humanos, o Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH), a Defensoria Pública da União (DPU), o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e a Missão Paz.

Em cada cidade, o projeto faz parcerias com organizações de atuação local de forma a melhor contemplar as suas demandas e especificidades. O SPM-SC, além de ter participado da organização do evento como apoio local, participou de mesas e contribuiu como facilitadores em atividade temáticas, minicurso e oficina.


Padre Marcos, articulador do SPM de Santa Catarina, compôs a mesa de abertura do evento junto de outras autoridades locais. Na sua fala expôs um panorama da atuação local da Pastoral, bem como reforçou a necessidade de realizar parcerias com o Estado a fim de construir um centro integrado de atenção ao imigrante.


Padre Marcos (1° à esq.) compõe mesa de abertura do evento

A assistente nacional do SPM-SC, Emanuely Gestal, também participou de minicurso sobre nova Lei de Migração, colaborando para o debate com perguntas sobre a aplicação na prática da nova Lei, a exemplo do valor da multa por estada irregular no país.


Emanuely Gestal (2º à esq) participa de minicurso sobre nova Lei de Migração

A professora de português da Pastoral do Migrante, Natalia Benatti Zardo, também contribui para as discussões da oficina sobre Crianças Migrantes. Além de colaborar para as discussões do contexto local da educação de crianças e adolescentes migrantes, ações da pastoral que diretamente beneficiam o bem estar das crianças migrantes, a exemplo das doações de cestas básicas às famílias atendidas, foram apresentadas.


Natalia Benatti Zardo (2º à esq.) participa de oficina sobre crianças migrantes

(48) 9 8826-9229

©2019 by SPM SC. Proudly created with Wix.com